Os Melhores Lugares do Mundo para Trabalhar em 2012

Os Melhores Lugares do Mundo para Trabalhar em 2012


Como a recuperação da economia global muitas pessoas começam a pensar em mudar de empego e possivelmente até em outros países. Em 2011, pelo segundo ano consecutivo, a média de horas trabalhadas por pessoa aumentou nos Estados Unidos. Mas este não é o caso entre todas as nações desenvolvidas. Na verdade, enquanto as pessoas em países como os EUA e Espanha aumentou suas horas de trabalho, a média dos países desenvolvidos caiu ligeiramente.

Veja Também: Os Melhores Empregos do Mundo

Melhores Países para se Trabalhar em 2012

Veja abaixo a lista de melhores lugares do mundo para se trabalhar em 2012 de acordo com o tempo de trabalho. Estes são os 10 países onde as pessoas trabalham menos e ganham bons salários

10) Reino Unido

Reino Unido

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.611
  • Média de horas de trabalho por semana: 31
  • O salário médio por hora: 31,27 dólares (mais 11)
  • Taxa de desemprego de 2011: 8%

Tem havido um aumento constante das taxas de desemprego anuais no Reino Unido. desde 2008, quando a taxa estava em 5,4%. Entre 2007 e 2011, houve uma queda de 47 horas em média de horas anuais trabalhadas no Reino Unido Isto foi combinado com uma queda salarial média de 1% durante o mesmo período de tempo, embora tenha havido um aumento global de 0,5% no salário médio para os países em relatório da OCDE. A New Economics Foundation (NEF), um think tank britânico, estimou em 2010 que uma menor jornada de trabalho no Reino Unido era inevitável se o governo queria reduzir o desemprego. Apesar da queda de 1% nos salários o Reino Unido ainda possui salários competitivos.

9) Finlândia

Finlândia

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.578
  • Média de horas de trabalho por semana: 30,3
  • O salário médio por hora: $ 33,63 (9 º mais alto)
  • Taxa de desemprego de 2011: 7,9%

Em 2011, a taxa de desemprego na Finlândia foi apenas ligeiramente abaixo da média de 8,2% da OCDE. Enquanto outros países têm taxas de desemprego mais baixas do que a Finlândia, o país combina altos salários para aqueles que estão empregados, sendo a média de $33,70 dólares por hora, com um grande equilíbrio entre trabalho e lazer. Por exemplo, devido ao frio, saunas são tratadas como um lugar viável para reuniões de negócios. Além disso, somente 3,66% das pessoas que são empregadas na Finlândia trabalham mais de 50 horas por semana. Como resultado, os finlandeses têm 14,89 horas por dia para o lazer e para vida pessoal.

8) Luxemburgo

Luxemburgo

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.565
  • Média de horas de trabalho por semana: 30,1
  • O salário médio por hora: $ 46,78 (2 ª mais alta)
  • Taxa de desemprego de 2011: 4,9%

As leis de trabalho no país incluem um máximo de semana de 40 horas de trabalho e apenas 3,7% dos funcionários trabalham 50 horas ou mais por semana. Cidadãos Luxemburgo desfrutam de um PIB per capita de quase US $ 90.000, o mais elevado dos países da OCDE estudados, e mais que o dobro do país mais próximo, a Holanda.

7) Dinamarca

Dinamarca

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.496
  • Média de horas de trabalho por semana: 28,8
  • O salário médio por hora: 48,82 dólares (mais alto)
  • Taxa de desemprego de 2011: 7,7%

Os moradores da Dinamarca trabalharam uma média de 1.496 horas em 2011, queda de 2,7% de uma média de 1.538 em 2010 e 301 horas a menos do que o americano em média. O dinamarquês tem em média 16 horas por dia para se dedicar ao lazer e necessidades pessoais, mais do que qualquer outro país pesquisado pela OCDE. O salário médio por hora na Dinamarca é $ 48,82, mais do que todos os outros países observados.

6) Irlanda

Irlanda

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.469
  • Média de horas de trabalho por semana: 28,3
  • O salário médio por hora: $ 45,53 (3 º mais alto)
  • Taxa de desemprego de 2011: 14,6%

Os salários dos trabalhadores irlandeses são em média de $45,50 dólares por hora, mais do dobro do salário médio na Espanha. O salário mínimo na Irlanda é alto – a partir de 2010, era de US$ 10,67. Para comparar, os EUA salário mínimo federal é de R$ 7,25 por hora e no Brasil é de R$3,88 por hora.

5) Bélgica

Belgium

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.446
  • Média de horas de trabalho por semana: 27,8
  • O salário médio por hora: 38,90 dólares
  • Taxa de desemprego de 2011: 7,2%

Em 2011, a taxa de desemprego na Bélgica anual caiu para 7,2%, além disso os belgas também trabalham muito menos do que os brasileiros. Comparado a 2008, quando os funcionários na Bélgica trabalharam 1.469 horas em média, até 2011 eles trabalharam 23 horas a
menos.

4) Áustria

Austria

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.431
  • Média de horas de trabalho por semana: 27,5
  • O salário médio por hora: 36,63 dólares
  • Taxa de desemprego de 2011: 4,2%

A taxa de desemprego foi uma das mais baixas do mundo, cerca de 4,2%, quase a metade a taxa de desemprego mundial que é de 8,2%. A Áustria tem altos salários com uma média salarial de $36,63 dólares por hora. Além disso o número de horas que o empregado trabalhou em média caiu de 3,7% no último ano.

3) França

França

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.392
  • Média de horas de trabalho por semana: 26,8
  • O salário médio por hora: $ 34,26 (8 º mais alto)
  • Taxa de desemprego de 2011: 9,3%

A média de horas anuais trabalhadas por funcionários na França diminuiu em cerca de 100 horas desde 1995. O francês tem 15,33 horas livres por dia para dedicar para sua vida pessoal, o mais alto quarto dos países da OCDE. Os franceses trabalham cerca de 17% a menos que a média mundial. No entanto, os trabalhadores ganharam um dos maiores salários médios por hora dos países da OCDE, em torno de $ 34,26 por hora.

2) Holanda

Amsterdam

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.336
  • Média de horas de trabalho por semana: 25,7
  • O salário médio por hora: $ 42,67
  • Desemprego de 2011: 4,4%

Trabalhadores na Holanda desfrutam de baixos níveis de desemprego, salários elevados e a menor proporção de empregados que trabalham 50 horas ou mais por semana, em apenas 0,7%. O PIB per capita também é o terceiro maior entre os países analisados.

1) Alemanha

Alemanha

  • Média de horas anuais por pessoa: 1.330
  • Média de horas de trabalho por semana: 25,6
  • O salário médio por hora: $ 35,33 (7 º mais alto)
  • Trabalham cerca de 25% a menos em média

A Alemanha foi eleita o melhor lugar do mundo para se trabalhar. Todos os anos desde 2007, os alemães tinham o menor número de horas trabalhadas em média, com uma baixa de 1.296 em 2009. Apenas 5,14% dos alemães trabalham mais de 50 horas por semana.. O alemão tem média 15,31 horas por dia para se dedicar ao lazer, um dos valores mais elevados entre os países da OCDE. Em 2009, o governo alemão introduziu um programa que permitiu às empresas cortar semanas de trabalho para os funcionários, ao invés de demiti-los, em troca de promessa do governo para cobrir os salários restantes.

Categories
Tags

2 Comments

Add yours

Leave a Reply